O Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita efectuou, esta segunda-feira 30 de Abril, o lançamento da primeira pedra para a reabilitação da ponte cais da Cidade de Inhambane.
Avaliadas em cerca de 35 milhões de meticais, financiadas pela Sasol, as obras de reabilitação vão durar três meses e consistirão na reparação completa do pontão flutuante; aplicação da protecção anti-corrosiva das estacas guia e ponte móvel; reparação dos pilaretes da ponte fixa; substituição de roldanas nas estacas guia; colocação de defensas; substituição do sistema de ligação do pontão as estacas guia, entre outras melhorias.


A reabilitação da ponte cais de Inhambane segue-se às obras de reconstrução da ponte cais da Maxixe iniciada em Fevereiro deste ano. Com a reposição das pontes cais de Inhambane e Maxixe, a expectativa do Governo é devolver a normalidade e segurança na travessia Maxixe/ Inhambane, retomando a circulação nocturna na Baía, aliviando deste modo o sofrimento dos estudantes, professores e demais trabalhadores que percorrem longas distância, via terrestre, para cruzarem a baia, durante o período nocturno.
Para além das infra-estruturas de acostagem, o Governo está a trabalhar por forma a retomada regular e segura de operação das embarcações “Maguluti” e “Baía”, sob gestão da TRANSMARITIMA.
Falando no lançamento da primeira pedra para a reabilitação da ponte cais de Inhambane, o Ministro dos Transportes e Comunicações Carlos Mesquita garantiu que a travessia Inhambane/ Maxixe será feita com segurança, regularidade e conforto. “Queremos assegurar aos munícipes das Cidades de Inhambane e Maxixe que a travessia desta baía vai conhecer melhorias significativas, nos próximos tempos, estando em preparação o trabalho de docagem das embarcações que deverão retomar as operações, brevemente, com a necessária regularidade, segurança e conforto”.