A reabilitação da ponte cais de Inhambane segue-se às obras de reconstrução da ponte cais da Maxixe cuja inauguração foi orientada pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, a 17 de Junho deste ano.
Com a reposição completa das pontes cais de Inhambane e Maxixe, encontram-se repostas as condições para a travessia da Baia de Inhambane em segurança e conforto dos utentes, que ocorria com restrições, desde a ocorrência do Ciclone Dineo.
Falando no acto da inauguração, o Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita disse que para além da melhoria das infra-estruturas de acostagem, o Governo está a trabalhar por forma a consolidar a operação regular das embarcações “Magulute” e “Baia de Inhambane”, sob gestão da TRANSMARITIMA.
Para o efeito, o Governante anunciou o arranque, para breve, dos trabalhos de docagem das embarcações para proporcionar melhor conforto e segurança aos utentes.
Para Mesquita a melhoria da travessia Inhambane /Maxixe constitui parte de um programa visando a melhoria do transporte público urbano nas cidades de Inhambane e Maxixe que inclui a alocação de autocarros para completar a cadeia intermodal de transporte na capital de Inhambane.
Nesta perspectiva “nove autocarros já estão na Província de Inhambane, três dos quais entregues ao Conselho Municipal de Inhambane, em Maio último, dois entregues a operadores privados da Cidade de Inhambane, nesta segunda-feira, 10 de Setembro e outros dois serão entregues a operadores privados da Cidade da Maxixe, ainda esta semana. Os restantes dois autocarros deverão ser entregues nos próximos tempos, estando na fase conclusivo o trabalho da selecção dos respectivos operadores”, disse Mesquita.
Refira-se que a ponte cais de Inhambane, objecto da reabilitação, encontra-se anexa ao Porto Terciário de Inhambane, actualmente inactivo, cuja reabilitação e funcionalidade está condicionada ao desenvolvimento da cabotagem marítima que contempla a revitalização e uso de portos principais, secundários e terciário.