Notícias


A Reunião de Balanço da Empresa Aeroportos de Moçambique, acontece numa altura em que a economia do País e do mundo estão a atravessar um momento critico, imposto pela pandemia do coronavírus, cuja principal característica é a redução do movimento de pessoas e bens.

Na Empresa Aeroportos de Moçambique, o impacto o Impacto da COVID -19 é devastador, uma vez que a empresa viu todas as suas fontes de receitas profundamente afectadas, desde as taxas de sobrevoo, aterragem e outras receitas não aeronáuticas, resultantes da actividade económica que se desenvolvia nos aeroportos, reportando-se prejuízos de cerca de USD 22 milhões, como impacto directo da pandemia do COVID -19.

Contrariamente ao cenário registado nas receitas, as despesas e demais compromissos da empresa continuam inadiáveis, uma vez que esta deve manter todos os serviços operacionais para responder a retoma paulatina da economia que se projecta para os próximos tempos.

A Reunião de Balanço da empresa Aeroportos, um eventual anual, vai analisar, de entre outras matérias Relatório de contas de 2019, avaliação do orçamento, planos de actividades, plano estratégico, revisão do sistema de gestão de qualidade, segurança operacional, entre outros.

VIDEOS